A leitura da lição Tesouros Infantis e o desenvolvimento da linguagem

Ler a lição para os filhos traz muito mais benefícios do que se imagina.

 Ensinar a criança a se comunicar bem é uma das tarefas mais importantes da família. Pouco a pouco ela precisa melhorar sua capacidade de expressar o que deseja e de entender o que outros falam. Isso a ajudará em todas as áreas da vida, especialmente na escolar. Portanto, os pais devem dar bastante atenção a esse assunto.

 

Além de ser uma ferramenta de ensino da Palavra de Deus, a lição Tesouros Infantis pode ajudar bastante no desenvolvimento da linguagem das crianças que ainda não sabem ler (ou que estão em fase de letramento), já que ouvir a leitura de histórias é uma forma poderosa de estimular a comunicação da criança. Ela escuta os sons das palavras e percebe como as frases são organizadas; tem contato com vocabulário novo; oportunidade para fazer perguntas, comentar, tirar conclusões, fazer comparações, recontar o que entendeu, expressar sua opinião, seguir instruções e muito mais. Logo, há um grande ganho na leitura diária da lição, se feita da maneira correta.

 

A entonação da voz, por exemplo, faz toda a diferença. Coloque a expressão devida ao trecho lido: tristeza, medo, surpresa, alegria, preocupação, curiosidade, entusiasmo e outras emoções. Para a maioria das crianças esse recurso garantirá grande parte da atenção. Mas, além a audição, estimule também os outros sentidos: mostre gravuras, ofereça objetos para serem tocados, mencione ou deixe que experimente sabores e aromas, peça movimentos e dê oportunidade para que ela fale (seja respondendo a uma pergunta ou repetindo uma expressão). Por exemplo, explore a figura de abertura de cada lição; quando um personagem bater à porta, bata na mesa com o nó dos dedos; se o texto mencionar aplausos, bata palmas; mostre a figura de um animal ou objeto mencionado na história; ao falar de um coração duro, peça à criança que toque em uma pedra ou móvel e assim por diante.

 

A leitura também precisa ser adaptada a cada criança. Para as de 4 anos, troque as palavras mais difíceis por outras mais simples e, se achar necessário, resuma a história. Em alguns casos, talvez seja preciso contá-la (ou simulá-la) e ir introduzindo a leitura aos poucos, dia a dia, até que elas tenham se acostumado. Isso serve também para as crianças mais agitadas de qualquer idade. Se não houver tempo, divida uma parte da lição para o culto matutino e outra para o culto vespertino (história de manhã e atividades à noite, por exemplo). Ou leia a história à noite, antes de dormir, e faça as perguntas no culto matutino. Nos horários de folga a criança pode fazer as atividades da lição que exigem mais tempo. Tudo isso exige um pequeno planejamento, mas o resultado é extremamente satisfatório.

 

A leitura da lição também vai ajudar seu filho a conhecer novas palavras e construções de frases. Não deixe de explorar isso. Sublinhe no texto as palavras que você acha que seu filho não conhece. Se achar que ainda é cedo para aprendê-las, substitua-as por outras mais simples durante a leitura. Se não, procure maneiras de ensiná-las. Antes de começar a leitura, diga: “Se não entender alguma coisa, me pergunte”. Talvez seu filho queira saber, por exemplo, o que significa a palavra “irritado”. Uma resposta curta provavelmente vai resolver: “É quando ficamos com raiva”. Mas, se ele perguntar o que é uma vela de navio, tente mostrar uma figura (ou desenhar) e explicar rapidamente qual a sua utilidade. Para evitar confusões, mostre a diferença entre uma vela de navio e uma vela usada para iluminar.

 

O significado de certas palavras aparece em algumas lições. Você pode usá-las durante a leitura (caso a criança não a conheça) e explorá-las mais tarde em brincadeiras e atividades (algumas já estão sugeridas na lição). Peça que forme frases com as palavras novas e as identifique em outros textos. Com isso será mais fácil que essas palavras sejam incorporadas ao vocabulário da criança, já que a repetição é a mãe da memória.

 

Se soubermos aproveitar o momento do estudo para o desenvolvimento da linguagem, nossos filhos não ganharão apenas o alimento espiritual, mas terão condições de se comunicar melhor e se sair bem quando enfrentar os desafios na escola. Então, aproveite as ideias desse artigo, adicione as suas e coloque-as em prática. Com certeza, os resultados virão.